segunda-feira, março 27, 2006

Justiça dos Homens?


Foto: Steven Le Vourc'h

Justiça de Deus...

Quem freqüenta 0 meu Blog sabe que o conceito deste é de amenizar a vida tão estressante em uma cidade grande, neste caso o Rio de Janeiro. Sempre procuro as melhores imagens, conteúdos leves, com textos que possam transmiti algo de positivo, e desperte o interesse de quem ler em ter seus próprios momentos em uma das cidades mais belas do Mundo.

Mas não posso ignorar os últimos acontecimentos nos seguintes Municípios da Baixada Fluminense: Nova Iguaçu (Bairro da Posse), e Queimados (Centro). Locais estes que em sua grande maioria residem trabalhadores, pobres mais decentes. Que não sonham com o carro do ano, ou a próxima viaje internacional já que sua maior riqueza esta em seu caráter, seu nome, familiares, e amigos.

Esta Chacina Covarde ocorrida na última madrugada não deve envergonha apenas os cariocas, e sim a todos que respeitam a vida. Todos que tenham sonhos por mais simples, ou difícil que seja realiza-los.

Deus lhe deu a vida, e a possibilidade de escolher qual caminho deve seguir para conquista seus objetivos sem precisar atropelar a vida de ninguém.

Quem tem Deus no coração mesmo que não tenha uma religião respeita o seu semelhante, não vai deseja o mal ao próximo, pois sabe que a Justiça dos Homens pode demorar. Só que a Justiça de Deus essa tem o momento certo... E se enganar quem pensar que esta só poderá ocorre quando não estiverem em corpo presente.

A Justiça de Deus começa na consciência pelos nossos atos, cada vez que estamos em duvida sobre algo que realizamos ou deixamos de realizar, ou tememos ter errado em nossos atos, na falta deles ou em nossos julgamentos precipitados.

Temos Deus agindo em nossa mente através da Reflexão, Permitindo que possamos pedi Perdão pelos nossos atos, e se possível a quem possamos vir a magoar. E caso o perdão não seja o suficiente para aliviarmos nossos corações devermos rever nossos conceitos para que não venhamos a repeti os mesmos erros.

Esqueça os números... Lembre-se que são vidas, Sonhos, Lutas, Objetivos traçados que jamais serão recompensados. Perde-se Aniversários, Datas festivas, momentos únicos e pessoais de cada um com seus familiares. É triste saber que é tão fácil ter sua vida estupidamente retirada... E como já não fosse revoltante por pessoas que recebem para zelar pela vida de inocentes.

Para os familiares nada resta além de suas lembranças, e ter que enterrar seus parentes que logo serão substuidos pela sociedade mais jamais terá o seu lugar ocupado em seus corações. E a Justiça dos Homens?

Rogério Moraes - Publicado em 01/04/2005 no Blog Rio que Amo AOL


Foto: Mundo Virtual

SOBREVIVENDO A REALIDADE BRASILEIRA

Na Baixada Fluminense, seis pessoas são mortas por dia.

No Rio de Janeiro, apenas 8% dos crimes de morte constituem-se em processos para investigação e, destes, só 10% concluem com identificação dos assassinos. Políticas públicas de segurança, criminalizando a pobreza e proclamando que "bandido bom é bandido morto", contribuem para esses números vergonhosos. É a cultura da morte e da impunidade.

No Brasil, líder mundial de mortos por armas de fogo, levantamento da organização não governamental Viva Rio indica que, em 2004, havia 17 milhões e 300 mil armas de fogo, com apenas 10% delas em uso por autoridades policiais e judiciárias; 8 milhões e 500 mil não estão registradas e metade encontra-se nas mãos dos envolvidos em atividades criminais.

Trecho da conclusão do Relatório do Deputado Chico Alencar (PT-RJ)
3o. Vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados em 13 abril de 2005

LEIA : Relatório Integral



Dia 31 de Março de 2006 - 1 ano de Impunidade

A luta por justiça continua, Os parentes das 29 vítimas da chacina ontem 26/03/2006 pela manhã, juntamente de centenas de pessoas realizaram um ato ecumênico, seguido de uma caminhada, em Nova Iguaçu, um dos cenários do massacre, que completa um ano no próximo dia 31. O ato teve início por volta das 8h, na Via Light, próximo a Vila Olímpica. Depois, mesmo sob forte chuva, os manifestantes seguiram pelas ruas da cidade até a sede do Sesc, num percurso de quase dois quilômetros.

O ato de ontem foi organizado pelos parentes das vítimas, pela Diocese de Nova Iguaçu e por entidades de defesa dos direitos humanos. Além dos parentes e moradores, estiveram presentes o bispo de Nova Iguaçu, dom Luciano Bergamin, e representantes dos governos federal e estadual e da prefeitura.

Sem indenização

As promessas das autoridades ficaram no papel. Indenizações prometidas pelo Estado ainda não foram pagas, apesar dos nomes dos beneficiados já terem sido publicados no "Diário Oficial" há pelo menos seis meses.

"[A chacina] não pode ser esquecida. Para mim, parece que foi ontem, a dor é a mesma, a revolta é a mesma. É muito triste, mas continuamos na luta", disse Creuza Regina Tavares, avó de
Douglas Brasil, uma das 29 vítimas.

Douglas, que tinha 14 anos, foi um dos nove assassinados no bar Caíque, na rua Gama, em Nova Iguaçu. Ele jogava fliperama no momento da matança.

Cinco dos 11 PMs acusados de envolvimento na chacina irão a júri popular por 29 homicídios qualificados --por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas--, uma tentativa de homicídio e formação de quadrilha. Outros dois responderão apenas por formação de quadrilha. Quatro PMs foram liberados por falta de provas.

Fontes: Jb online, Folha de São Paulo, Uol



Foto: O Dia

Rio, 31 /03/2005

Esta noite jamais seria esquecida por quem testemunhou, ou nada pode fazer a não ser sentir-se como toda sociedade “impotente" diante da maior chacina de sua história.

O que espera de um numero? e se ele representa vidas? 31 sonhos partidos a bala destruindo não somente suas vidas, como de seus familiares que ainda aguardam que a Justiça seja feita contra estes COVARDES que resolveram“brincar” de Tiro ao Alvo em inocentes.

O que o homem pode fazer em 2 horas que não possa se arrepender depois? Matar? 2 horas foram o suficiente para deixar derramado um banho de sangue e dor nos municípios de Nova Iguaçu e Queimados por nada.... Perde-se Vidas... por nada? Onde esta a coerência que nos diferencia dos animais irracionais?

Agora eu lhe pergunto:

Quem se importa?

E se Deus nos abandonar o que podemos espera?


Autor: Rogério Moraes - 27/03/2006

Esquecer é fácil demais quando o seu parente não é uma das vitimas Rogério Moraes

2 comentários:

De passagem disse...

Quem têm Deus no coração de verdade não comete atrocidades no coração,mas hoje em dia é muito comum,gente hipócrita usar tanto o nome de Deus em vão,mas no escuro cometer as maiores atrocidades possíveis.

Certas coisas que acontecem,são totalmente inacreditáveis.Não acredito apenas que seja ausência divina.Muita gente é ruim mesmo,Rogério,no pior sentido da palavra.Muita gente têm o prazer de fazer o mal.

Belo post

Claudinha disse...

Olá Rogério! A violência,em todas as suas formas, é abominável. Eu já tenho andado perdendo a crença e a esperança desta situação mundial se reverter. Não é só aí não, aqui, na cidade pacata, tivemos o famoso caso do sequestro que parou o país. Pessoas de nosso convívio social, pessoas que possuem muitos bens e que enveredaram para o lado do crime. Mas mesmo contra os criminosos, eu defendo uma terapia de trabalho social, de cuidar de doentes, de enxada na mão, cultivo. Ficar um monte de gente apertado em celas, sem fazer nada o dia todo só piora.Mas chacinas, "justiças" com as próprias mãos? Não acho isso legal... Parabéns pela abordagem. Beijo.