terça-feira, janeiro 02, 2007

Réveillon Black Eyed Peas leva Ipanema ao delírio


Foto: Site Terra

BLACK EYED PEAS ATRAEM 1,5 MILHÃO DE PESSOAS E DESBANCAR COPACABANA

Depois de passar anos a sombra do espetáculo de fogos da Praia de Copacabana, Ipanema conquistou o público jovem com os shows do Black Eyed Peas e do Infectd Mushroom, entrando com o pé direito para o calendário das festas de Reveillon da cidade.

O som de abertura foi a mesma utilizada pelos estúdios MGM em sua vinheta de abertura só que não com o famoso rugido do leão e sim a imagem de um macaco no telão, Começava o show mais esperado deste Réveillon no país, o do grupo americano The Black Eyed Peas, na Praia de Ipanema, dentro do projeto global Nokia New Year's Eve .

Assim que a banda americana surgiu no palco montado no Posto 8, exatamente à 0h45, um milhão e meio de pessoas, segundo a organização do megaevento no Rio, ia ao delírio. E numa espécie de acordo com São Pedro, a chuva fina que insistia em estragar a virada de ano do carioca deu uma trégua boa parte da apresentação.

"Obrigaaado", disse Fergie, a bela do grupo, depois de cantar as três primeiras músicas. "É muito bom estar no Rio", comentou o vocalista do Black Eyed Peas, William, acrescentando que esse seria o último show da turnê "Monkey business". "Brasil, feliz 2007. Aqui é o melhor país do mundo", elogiou ele.


Foto: Site Globo.com

O show empolgou desde o ínício, com som e produção impecáveis. Mas a primeira vibração coletiva veio ao som do sucesso "Don't lie", que colocou todo mundo para dançar, repetindo o refrão. Logo em seguida, mais um delírio da platéia, principalmente a roqueira e a saudosista, quando o grupo tocou "Sweet child of mine", do Guns'n'Roses. "O Rio é o melhor lugar do Brasil", entregou William. "Lady" veio em seguida, cantada em coro.

Depois foi a vez de "Where is the love?", que embalou os casais apaixonados, e "Pump it". A chuva voltou a incomodar e William fez graça, em português, cantando o verso "Chove chuva", do sucesso de Jorge Benjor. "Phunk with my heart" empolgou.


Foto: Sergio Mendes & Fergie - Site Uol

À 1h50, ele chamou o convidado especial: o músico brasileiro Sérgio Mendes. Era a senha para o hit "Mas que nada". Delírio total mais uma vez. Depois veio um festival de sucessos, com "My humps", com Fergie com coroa de princesa, e "Let's get started". Nessa hora, uma chuva de papel picado caía sobre a multidão.

Às 2h25, eles se despediram, anunciando disco novo para este ano e William envolto à bandeira brasileira: "Feliz 2007", desejou Fergie. Obrigado, retrucou a platéia.

O show durou pouco mais de uma hora e meia e contou com 20 músicas, entre elas: Shut Up, My Humps, Let's Get Started, Pump It e Where is the Love. Essas duas últimas foram cantadas por boa parte da platéia.

Antes, agitaram também a multidão o DJ Nado Leal, o cantor americano John Legend, o cantor brasileiro Sérgio Mendes, em apresentação-solo, o funk batidão do DJ Marlboro, o ritmo do Funk'n'Lata e a bateria da escola de samba Grande Rio, que comandou a contagem regressiva para a chegada de 2007.

Marlboro homenageou James Brown ("Onde ele estiver vai estar melhor do que a gente") e festejou o fato de Roberto Carlos ter cantado o funk "Se ela dança eu danço", de MC Leozinho em seu especial de fim de ano da Globo: "O preconceito com o funk acabou. Os medalhões de nossa música já estou cantando o ritmo".

James Brown também foi lembrado por Ivo Meirelles e os rapazes do Funk'n'Lata, que cantaram "I feel good". O grupo abriu sua apresentação, às 22h45, com o Hino Nacional em ritmo de samba.

Ivo cantou muito funk e chegou a ser advertido pela produção: "Ouvi um papo que não posso cantar mais funk, mas o Rio é funk, p...!", reclamou o vocalista.

O DJ alemão Anthony Rother entrou pouco antes das 3h - e depois do Black Eyed Peas - e encerrou a noite memorável de Réveillon nas areias de Ipanema.

Fonte: Globo.com / Jornal O Globo


Foto: 1,5 Milhão de Pessoas em Ipanema - Site Uol

Vivenciando a Noticia - "A melhor maneira de se começa o ano"

Depois de quatro anos sem participar dos festejos que ocorrem todo dia 31 de dezembro resolvi ir ao Show do Black Eyed Peas. Muito se falou da violência e confesso que minha preocupação muito mais com a volta do que com minha ida ao show.

Sai de casa por volta das 17:30 minutos, pois havia marcado com 2 amigas em um ponto de ônibus sendo que uma de minhas amigas eu tinha acabado de conhecer (ela é da comunidade dedicada ao evento que eu mesmo havia criado). Saímos do ponto de Ônibus quase as 19h00 devido a alguns desencontros porém fomos sentados e chegamos tranqüilamente ao Evento da Nokia.

A Galera da comunidade não foi em peso talvez devido aos últimos acontecimentos... Ficamos primeiro no lado esquerdo do palco próximo ao alambrado colado a calcada com vista privilegiada para um telão de alta definição...rsss isso na metade do show do Sergio
Mendes (que começou com meia hora de atraso).

Neste período ainda assistimos a apresentação ao vivo no telão da Nelly Furtado (01 musica ao vivo e 02 gravadas). Depois resolvemos ir para o lado esquerdo próximo ao mar, pois um amigo de uma das comunidades “União BEP-RJ” que eu fiz parte levou uma Bandeira gigantesca do Brasil e disse que lá estava melhor.

Realmente foi uma bela decisão e logo em seguida começou a apresentação do DJ Marlboro que deu um show nas picapes (E eu que de funkeiro não tenho nem o dedão do pé rebolei até o chão...rsss). Ele fez uma homenagem ao James Brown tocando “I Feel Good” que na minha opinião foi bem melhor do que o show inteiro do Funk’n’ Lata (O Ivo Meirelles cantando foi tão Fraquinho que deu pena).

A Escola de Samba Grande Rio veio surpreendentemente antes do previsto as 23h45 e se apresentou até a contagem regressiva de 30 segundos no telão. Chato foi olhar ao redor e só ver alguns sinalizadores vermelhos... Senti faltar dos fogos mesmo que fosse por 5 minutos.

Exatamente as 00h45 começou o tão esperado show... Apesar de inicialmente eles cantarem 03 musicas desconhecidas do grande público quando começaram o desfile de sucessos Ipanema não parou mas de cantar e pular. O show foi melhor do que eu poderia sonhar!

A chuva fina insiste não atrapalhou em nada... Prova disso foi que em uma dessas vezes as luzes se apagaram e um mar de celulares acessos entrou em cena como homenagem ao James Bronw (Foi de arrepiar).

Outros momentos especiais foram a Fergie cantando "Sweet child of mine", do Guns'n'Roses. "Where is the love?", que embalou os casais apaixonados, e "Pump it"(ninguém ficou sem pular de um lado para o outro).

Não poderia me esquecer do momento em que William chamou o músico brasileiro Sérgio Mendes, que tocou e cantou em “Mas que Nada” ao lado da banda. Era evidente a felicidade de Mendes ao falar com a plateia: “Alô, Alô, Ipanema. Feliz Ano Novo para todo mundo”.

No final Fergie retornou ao palco com uma coroa de princesa e o público enlouquece ao som de “Phunk with my heart”. Uma chuva de papel picado saiu do palco e “My humps” e “Let’s Get Started” fecharam o show com chave de ouro.

Às 2h25, O Black Eyed Peas se despediu do público carioca... Fiquei com uma amiga no posto médico devido a queda da pressão dela (muita gente no show e ela guerreira não comeu nada o dia inteiro...rsss) por 20 minutos.

Depois Observamos o Sergio Mendes Passar de camisa branca no banco do carona de uma Van com a janela aberta (com direito a 2 seguranças acompanhado), Depois as sobras do BEP(sim ou você achar que eles abriram a janela da Van???) Legal o medo da violência fez com que eu deixa-se em casa até minha maquina fotografica velha...rrrrr que raiva...rsss Bem feito!

Como bônus morto de cansaço demais para me lembrar da "Atração Surpreza da Noite"(Um DJ que a maioria não teve folego para ver depois do BEP ), Comi um cachorro quente (Frio, sem gosto e molhado) às 04:30 da manhã ainda debaixo da chuva fina.... Aaahhh quase ia me esquecendo uma amiga minha ganhou de presente ao memo tempo que eu comia o tal "cachorro frio" um beijão na boca de um desconhecido do nada em uma trocar de olhar de menos de 5 segundos (que deixou outras pessoas ao redor boqueabertas...rsss) Cheguei em casa por volta das 06:30 feliz da vida.

É... o Ano Promete! Resumo desta noite com uma só palavra??? Inesquecível.

Saiba mais sobre como foi o Show na comunidade do
Orkut
RÉVEILLON BLACK EYED PEAS

Feliz 2007 P/ todos.. Rogério Moraes

3 comentários:

Rogério Machado disse...

Q Shooooooooooooowwwwwwwwwwwww!!!!

Num parei o tempo todo... Sem dúvida comentários saum dispensáveis!!!!
Uma palavra só: P E R F E I T O !

Parabéns novamente pelo Blog!!

Anônimo disse...

Showwww seu blog ta D++++ Black yeed peas TDB!!! bjussssssssss

Anônimo disse...

Oiiiiiiiii
como vc pediu vim dar uma moral
poxa nem pude passar o ano nvoo em IPA...
mais quem sabe o proximo esterei la com meu amor curtindo algo
ok
bjs

L.L